Ana Raio e Zé Trovão, a novela mais longa da TV Manchete

A História de Ana Raio e Zé Trovão foi uma novela produzida pela extinta Rede Manchete, entre de 12 de dezembro de 1990 e 13 de outubro de 1991, com 251 capítulos, sendo a telenovela mais longa da história da emissora. Escrita por Marcos Caruso e Rita Buzzar, com a colaboração de Jandira Martini, idealizada e dirigida por Jayme Monjardim e codireção de Roberto Naar, Marcos Schechtman, Marcelo Travesso e Henrique Martins.

Na trama, Ana de Nazaré, Ana Raio, é órfã de mãe e mora com o pai no sul do país. Aos treze anos é estuprada, fica grávida e dá à luz uma menina a quem dá o nome de Maria Lua. Mas, seu estuprador volta, mata o pai de Ana e rapta sua filha.

Anos mais tarde, Ana se transforma em uma afamada peoa e percorre o país com sua caravana à procura de sua filha. Entretanto, em certa ocasião, cruza com outra caravana importante, a de Dolores Estrada, cuja maior atração é o peão Zé Trovão. Entre rodeios, feiras e viagens pelo Brasil, começa a emocionante história de amor de Ana Raio e Zé Trovão.

006 - Cópia
A História de Ana Raio e Zé Trovão – 1991 (Rede Manchete)

Após o grande sucesso de Pantanal, a Rede Manchete investia na ideia de mostrar o “Brasil que o Brasil não conhece”, com muitas imagens de paisagens do Brasil, clipes musicais e narrativa lenta, rodeios e músicas sertanejas.

A trama, porém, alcançou média de 15 pontos de audiência e o segundo lugar para a Rede Manchete no Ibope, que embora fosse muito boa para uma telenovela fora da Rede Globo, foi bem mais baixa que a audiência de sua antecessora Pantanal, que teve picos de 51.

Por fim, o SBT reapresentou a novela em 2010, esticado-a por sua boa audiência, cerca de 7 pontos, garantindo a vice-liderança.

1 comentário Adicione o seu

  1. Adilson Ribeiro de Oliveira disse:

    Novela arrastada e enjoativa……Como diz o texto, bem abaixo da originalissima e inesquecível Pantanal!!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *