As Damas das Gerais

Ser Mineiro é ver o nascer do Sol
e o brilhar da Lua,
é ouvir o canto dos pássaros
e o mugir do gado,
é sentir o despertar do tempo
e o amanhecer da vida.

Trecho do poema “Ser Mineiro”– Carlos Drummond Andrade

Como falar de teledramaturgia, falar da legítima literatura brasileira, porque, sim, novela é literatura; como falar de personagens inesquecíveis, de romances, de amor e não se falar das Minas Gerais? Dentro dessa enseada maravilhosa, escolhemos três personagens inesquecíveis da história do Estados, três das quais foram transformadas e adaptadas sensivelmente para TV. Dona Beija. Xica da Silva. Hilda Furacão.

donabeija_logo
Dona Beija – 1986 (Rede Manchete)

A novela foi baseada nas obras de Dona Beija, a feiticeira do Araxá, de Thomas Othon Leonardos e A vida em flor de Dona Bêja, de Agripa Vasconcelos.

A trama contou a vida da corajosa Ana Jacinta de São José, a Dona Beja, papel de Maitê Proença, na cidade de Araxá, no século XVIII.

Depois de ver o avô ser assassinado, Beija é raptada para a vila de Paracatu. Para vingar-se do homem que lhe fez tanto mal, a moça serve aos homens que a desejam em troca de jóias e ouro. Anos mais tarde ela volta para Araxá, agora rica, e reencontra sua grande paixão, Antônio. Mas o rapaz já não a esperava mais. Com a recusa de Antônio, Beija abre a Chácara do Jatobá, um bordel refinado, escandalizando todas as famílias conservadoras de Araxá. Beija então torna-se poderosa, até que uma tragédia acontece, ela manda um escravo matar Antônio, se arrepende, entretanto o crime acontece. Desiludida, deixa a cidade e recomeça sua vida.

novelaxicadasilvacompletaemdvdsaopaulospbrasil__687eb1_11
Xica da Silva – 1997 (Rede Manchete)

Xica da Silva foi a única novela em que protagonistas são baseados em pessoas e fatos reais. Francisca da Silva de Oliveira de fato viveu no Arraial do Tijuco, hoje Diamantina, no século XVIII.

A história conta a saga de Xica, vivida por Taís Araujo, escrava do Comendador Felisberto Caldeira Brant, que em dado momento pretende vender a moça e sua mãe para o bordel. Para se vingar, Xica se alia a outro escravo e juntos roubam a arca com os diamantes do Comendador. Sem ter como dar os tributos ao Rei, o Comendador Felisberto e sua esposa são presos.

Com a prisão do Comendador Xica é vendida a um Sargento. Chega então, ao Arraial do Tijuco, o Contratador João Fernandes de Oliveira para comandar a extração dos diamantes. Que logo se apaixona pela escrava e a compra. Percebendo interesse do contratador, a negra se envolve e consegue sua alforria. A partir disso, o envolvimento entre eles se torna cada vez mais forte a ponto de João Fernandes assumir sua relação.

Não sendo aceita pela sociedade, Xica resolve dar o troco a todos que a desprezaram, fugindo da mocinha tradicional que sofre em silêncio, Xica da Silva se vinga de seus algozes e chega a arrancar os dentes de uma escrava. Ao fim da trama a negra é acusada de bruxaria pela inquisição, mas é liberta.

Hilda_Furacão
Hilda Furacão – 1998 (Rede Globo)

Hilda Furacão foi baseada no romance homônimo de Roberto Drummond, que por sua vez, foi inspirado na história de juventude da prostituta Hilda Maia Valentim, conhecida na zona boêmia de Belo Horizonte, como Hilda Furacão.

Na história Hilda Müller, Ana Paula Arósio, está pronta para se casar, mas desiste, após uma revelação de uma cartomante, e acaba virando prostituta num bordel em Belo Horizonte, se tornando Hilda Furacão.

No meio da trama ela conhece o frei Malthus, personagem de Rodrigo Santoro, que pretende exorciza-lá. Mas surge uma grande paixão entre os dois.

Todo o drama é narrada pelas memórias do jornalista Roberto Drummond, repórter do jornal Folha de Minas, encarregado de traçar o perfil de Hilda Furacão.

 

 

Gostou da coluna? Dá um like, curte a nossa página no FaceBook, assina o blog e receba as matérias direto no seu e-mail, comenta aqui embaixo 👇 , dê dicas, sugestões e conta pra gente qual novela você quer saber mais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *