Cia Mineira Chega a São Paulo

Baseada nas danças e músicas populares do do século 20, Mimulus Cia, de Minas Gerais, lança olhar contemporâneo para este tempo em espetáculo que chega ao Teatro Alfa.  Na trilha sonora, músicas de Noel Rosa, Danilo Caymmi, Heitor Villa Lobos, Ernesto Nazareth e Yamandú Costa, entre outras.

Do Lado Esquerdo de Quem Sobe recria poeticamente o olhar dos integrantes da companhia sobre o galpão em que trabalham na cidade de Belo Horizonte. De lá eles acompanham o pulsar da cidade, no seu estica, encolhe e na ocupação desordenada dos espaços urbanos. A companhia traduz esses movimentos com sua dança, construindo e desconstruindo os próprios movimentos.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O título do trabalho está associado à relação dos bailarinos com o galpão de ensaios do grupo, que fica ao lado esquerdo de quem sobe a rua Ituiutaba, no bairro Prado. “A Mimulus identifica olhares, se orienta e se localiza do lado esquerdo de quem sobe a rua, de quem sobe o morro, de quem sobe a história, de quem sobe o corpo”, conta Jomar.

Entre outras imagens, o trabalho faz referência aos sons que vinham das ruas trilhadas pelos negros após a abolição da escravatura, quando eles andavam em liberdade pela primeira vez calçando sapatos que não serviam nos seus pés ou pendurando-os nos ombros como símbolo da realização do primeiro sonhos de consumo e libertação.

Por essa perspectiva, o trabalho também aborda o surgimento de danças brasileiras e ritmos populares, como o samba, o choro e a MPB. O público, em interação com o espetáculo, participa tocando samba com saquinhos de papel recebidos antes do início do espetáculo. “É uma referência à concepção desse gênero musical que começou nas ruas, entre o povo”.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *