Entre a Poesia e a Música

Um cantar simples e poético, uma voz grave e intensa, um sussurrar que vem ao pé do ouvido ao se fechar os olhos… Arthur Nogueira encanta e surpreende com canções cheias de poesias e estilo único. O músico de 28 anos faz parte da nova safra da MPB, e acaba de lançar novo álbum em parceira com Antonio Cicero, grande compositor e poeta brasileiro.

“Meu primeiro contato foi com a poesia do Cicero, quando eu tinha por volta de 13 anos. Descobri os poetas que também escrevem letras de canções na estante de discos do meu pai. Passava as tardes remexendo os discos, ouvindo e lendo os encartes. Era o meu programa favorito. Pessoalmente, a gente se conheceu em 2004, em Belém, a cidade onde eu nasci, quando ele participou de um evento de filosofia no Instituto de Artes do Pará (IAP). Fui tietá-lo na fila de autógrafos, conversamos rapidamente e trocamos e-mails. A partir daquele momento, Cicero foi muito simpático comigo, esclarecendo dúvidas que eu tinha sobre música e poesia. Os anos fortaleceram a nossa amizade e, quando mudei para o Rio de Janeiro, em 2012, começamos a nossa parceria musical de fato”, confessou Arthur.

“Presente (Antonio Cicero 70)” sela a parceria entre Arthur e Cicero. No repertório estão composições famosas de Antonio Cicero como: Água perrier (Adriana Calcanhotto e Antonio Cicero, 1992), Inverno (Adriana Calcanhotto e Antonio Cicero, 1994), Saída de emergência (João Bosco, Waly Salomão e Antonio Cicero, 1991), Noite (Orlando Morais e Antonio Cicero, 2002) e O último romântico (Lulu Santos, Sérgio Souza e Antonio Cicero, 1984). Mas para quem acha que esse é o primeiro disco de Arthur, se engana, antes disso o musico já havia lançado dois álbuns, com músicas próprias e novas interpretações. “Compor e cantar são assuntos complementares para mim. Não me considero apenas um cantor, porque tudo o que canto tem a ver com algo que preciso dizer naquele momento. Mesmo quando canto músicas de outros compositores, elas são escolhidas com um sentimento de “nossa, como eu gostaria de ter feito isso”. Compor é um processo de autoconhecimento e de libertação. Ao mesmo tempo, adoro ouvir grandes intérpretes, como Nina Simone e Gal Costa. João Gilberto é o meu cantor favorito”, conta.

Fotos: Bárbara Almeida
Fotos: Bárbara Almeida

Em entrevista, confessei a Arthur o quanto suas letras e canções foram capazes de me tocar. Sem dúvida a interpretação mais apaixonante que ouvi nos últimos tempos. “Toda paixão, dedicação e resistência que envolve o fazer artístico se justificam com feedbacks como o seu. Hoje em dia, percebo que alcancei uma turma de pessoas que gostam do meu trabalho, se identificam com ele, de diferentes lugares. É uma construção. A tecnologia, ao mesmo tempo em que facilita a produção, pode dificultar a difusão. As informações estão muito pulverizadas na rede, eu mesmo às vezes me sinto um pouco perdido. Pode demorar para que os algoritmos atuem a nosso favor. Eu já trabalho há algum tempo, aprendi que devemos ser menos ansiosos e me sinto recompensado cada vez que conheço uma pessoa que se diz tocada por algo que eu tenha cantado ou gravado”, diz Arthur.

Reconhecer o talento do musico é tarefa bem fácil. Os shows de lançamento do CD já passaram pelo Rio de Janeiro e São Paulo, e esperamos, agora, que em breve seja possível ouvi-lo em solo mineiro, o que já quase aconteceu, segundo Arthur conta, “Nunca toquei, mas adoro Minas Gerais. Uma vez quase toquei em Itabira, a terra do Drummond, mas não deu certo por um problema de agenda. A primeira vez que fui a Belo Horizonte foi a convite da Patrícia Palumbo e do “Vozes do Brasil”. Lembro que fomos a um show do Caetano na Praça da Estação. Eu já o conhecia da época em que morava no Rio e andava bastante pela noite com o Cicero. Caetano me viu na plateia, mandou um beijo e me dedicou uma música. Foi um dos momentos inesquecíveis que a música já me proporcionou”.

Abaixo clipe oficial de Arthur Nogueira interpretando “O Último Romântico”:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *