Fera Radical, a novela escrita em 40 dias

Fera Radical foi uma novela exibida pela Rede Globo, entre 28 de março e 18 de novembro de 1988, em 203 capítulos. Escrita por Walther Negrão, com colaboração de Ricardo Linhares, Luís Carlos Fusco e Rose Calza, com direção de Denise Saraceni e Fernando R. de Souza e direção-geral de Gonzaga Blota.

A trama foi inspirada na peça A Visita da Velha Senhora, do suíço Friedrich Dürrenmatt. A novela contava a história de Cláudia (Malu Mader), que deixa o Rio de Janeiro e retorna à pequena cidade de Rio Novo disposta a se vingar do extermínio de sua família, ocorrido 15 anos antes.

banner
Fera Radical – 1988 (Rede Globo)

Além de Fera Radical, a Rede Globo produziu outras duas novelas inspiradas na obra de Friedrich Dürrenmatt : Cavalo de Aço, também de Walther Negrão, e Fera Ferida, de Aguinaldo Silva, Ana Maria Moretzsohn e Ricardo Linhares. Mas a primeira adaptação foi da Rede Tupi, em 1974, com a novela Os Inocentes, de  Ivani Ribeiro e Dárcio Ferreira.

Entre outras curiosidades, a novela foi escrita em 40 dias, em substituição a uma novela que não foi ao ar. Ricardo Linhares teve de se mudar para São Paulo para trabalhar como colaborador de Walther Negrão, na época as obras eram escritas à maquina.

Por fim, Fera Radical foi o último trabalho da atriz Yara Amaral, que morreu no naufrágio do Bateau Mouche, no Rio de Janeiro, no réveillon de 1988/89.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *