Os Imigrantes, a tríade de sucesso da Rede Bandeirantes

Os Imigrantes é a quarta maior telenovela brasileira, somando 459 capítulos, ficando atrás apenas da primeira versão de Chiquititas, do SBT, com 807, Redenção, da Rede Excelsior, com 596 capítulos, e as três fases de Caminhos do Coração, da Rede Record, com 583.

A novela foi produzida pela Rede Bandeirantes e exibida de 27 de abril de 1981 a 1 de novembro de 1982. Escrita por Benedito Ruy Barbosa, Wilson Aguiar Filho e Renata Pallottini e dirigida por Atílio Riccó, Henrique Martins, com supervisão de Antonio Abujamra.

altair_othon_rubens_OsImigrantes
Os Imigrantes – 1981/1982 (Rede Bandeirantes)

Rubens de Falco, Othon Bastos e Altair Lima interpretaram os três imigrantes protagonistas com o mesmo nome, Antônio: o italiano, o português e o espanhol, numa história que retratou a chegada dos imigrantes ao Brasil.

O folhetim narrou a trajetória dos imigrantes que ajudaram a construir o Brasil, deixando seus países de origem em busca de novas oportunidades. Antonio di Salvio, italiano, prospera ao casar-se com a filha de um fazendeiro, indo viver num majestoso casarão na Avenida Paulista. António Pereira, português, abre uma empresa transportadora e prospera. Já o espanhol, Antonio Hernández, só vem a conhecer o sossego no fim da vida, após muitos problemas.

A obra foi dividida em diversas fases no intuito de retratar a imigração no Brasil no final do século XIX. Foi uma das melhores novelas da Band até os dias de hoje, um sucesso de audiência.

Sua produção ainda passou por fatos curiosos, Benedito Ruy Barbosa, autor principal da trama ainda estava terminando a novela Cabocla, na Rede Globo, mas já era contratado pela Band. O autor escreveu Os Imigrantes até o capítulo 313, pois em 1982 havia sido recontratado pela Rede Globo para escrever Paraíso. Sendo assim, foi substituído por Wilson Aguiar Filho.

Em Os Imigrantes: Terceira Geração, alguns personagens tiveram seus atores substituídos, Lúcia Veríssimo por Denise Del Vecchio e José Parisi Júnior por João Signorelli. Jânio Quadros gravou uma participação especial, vivendo ele mesmo, com os cabelos e bigodes pintados de preto, o político relembrou o ano de 1958, retratado na trama.

Com 24 pontos de média de audiência, Os Imigrantes foi uma tríade de sucesso, reapresentada várias vezes, inclusive pela Rede Vida em 2014.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *